Impressoras

Jato de tinta - A maioria das impressoras caseiras são jato de tinta. A qualidade de impressão pode variar. Normalmente aceita papeis de até 120g. Para imprimir papeis mais grossos utilize a bandeija externa. 

 

 

Laser - Permite o uso de papeis mais grossos e garantem cores mais vivas e sólidas. Se você não tem uma impressora à laser e precisa imprimir os arquivos com maior qualidade, pode optar por um bureau de impressão em sua cidade.


Gramatura do Papel

A gramatura é o que define se o papel vai ser grosso ou fino, duro ou mole, mais ou menos resistente. Não tem um melhor que outro, cada projeto pede o tipo certo de papel. Os arquivos vêm com a indicação do melhor papel a ser usado.

75g e 90g: São os mais comuns, super fáceis de encontrar em qualquer papelaria. 

 

120g: Muito versátil, funciona bem para caixas pequenas, paper toys, lembrancinhas de aniversário e para desenhos que você pretende usar tinta, por exemplo. 

200g ou mais: Papeis mais grossos são recomendados para projetos que precisem de estrutura e resistência como, chapéus de festa, caixas grandes. Porém, se for grosso demais, acaba dificultando a dobra e o acabamento pode não ficar muito legal.

 


Tipos de Papel

Sulfite: Ideal para impressões do dia- a- dia. Esse é o papel que a gente está mais acostumado desde a escola. Prefira esse tipo de papel para os arquivos para colorir. Disponível em diversas gramaturas, é versátil e pode ser usado em qualquer tipo de projeto.

Fotográfico: Para ter cores mais vivas nas impressoras jato de tinta o ideal é usar o papel fotográfico. A superfície muito lisa e acetinada não é a mais indicada para colorir. 

Couchê: É um excelente papel para impressão a laser, deixa as cores vivas e sólidas. O resultado nas impressoras jato-de-tinta não é tão bom, pois o papel é acetinado e não permite a absorção da tinta. 
Pode ser fosco (meu preferido) ou brilhoso e tem diversas gramaturas (80g, 90g, 115g, 150g, 170g, 230g). Se for colorir, é melhor escolher outro papel pois nem todas as canetas fixam bem e o lápis de cor fica um apagado.

 

Papeis coloridos: Estão disponíveis em diversas cores e gramaturas. São uma opção divertida para economizar tinta da impressora. Utilize a versão “para colorir” quando for usar esses papeis.

Papeis adesivos: É possível encontrar folhas de etiqueta no tamanho A4.  Você pode usar esse tipo de papel para forrar coisas que não pode imprimir, como a capa de um caderno ou papeis mais pesados.

 


Ferramentas

Tesoura: Sua ferramenta básica de sobrevivência no mundo dos trabalhos manuais! Vale a pena investir em uma boa tesoura para facilitar o trabalho e garantir um bom acabamento. Uma pra você e uma pro pequeno também.

Fiskars 8 Inch Non-stick Titanium Softgrip Scissors

Westcott Soft Handle Kids Scissors

Westcott School Left and Right Handed Kids Scissors

Estilete: Ideal para cortar várias folhas de uma vez e para alcançar cantinhos que as tesouras não conseguem. Cuidado redobrado ao usar essa afiada ferramenta, nunca deixe perto de crianças!

X-ACTO #2 Knife with Cap, Silver (X3602)

Base para corte: São mantas de borracha feitas para salvar a mesa da sua sala. A minha tem 45x60cm, dá para esconder atrás do armário e tem espaço suficiente para trabalhar sem aperto.

Making Memories Cutting Mat

Dahle 10672 Vantage Cutting Mat

Guilhotina: Se você é do tipo festeira e corta muita quantidade de papel, essa é a sua ajudante. Linhas retas, rápidas e  com menos esforço.

Fiskars Recycled 12-Inch Bypass Trimmer

 

Furadores: De todas as formas imagináveis os furadores enlouquecem as apaixonadas por crafts! Eu aconselho que você invista em alguns básicos que podem te ajudar em vários projetos. Depois, claro, você pode comprar mil borboletas, cupcakes, gatinhos, estrelinhas etc.

Fiskars 1/8 Inch Circle Hand Punch

Fiskars 1/4 Inch Circle Hand Punch

EK Tools 2.25-Inch Paper Punch

Ferramenta de vinco: São espátulas de osso feitas para vincar o papel antes de dobrar. Para fazer o vinco use uma régua e passe o bone folder como se fosse um estilete, depois disso a dobra vai ser feita sem esforço e no lugar certo! Se você não tem um desses pode usar o verso do estilete ou uma caneta sem tinta, mas eu realmente recomento a compra de um desses!

Books by Hand Bone Folder

Cola: Pode ser em bastão ou a boa e velha cola branca, tudo depende da habilidade do seu filho e a da sua capacidade de lidar com a bagunça.

Fita dupla face: Torna o trabalho mais limpo, rápido e fácil. Sabemos que esperar a cola secar não é fácil quando uma criança está ansiosa para brincar. Para caixas e brinquedos de montar eu prefiro usar a fita dupla face por que gruda na hora e não deixa sujeita. 

Régua de metal: Nada contra as réguas de plástico, elas também funcionam... por algum tempo. A régua de metal pode ser sua amiga por muitos e muitos anos sem entortar nunquinha.