Borboleta Pequenina

“Disse a flor para o pequeno príncipe: é preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas”
 O Pequeno Príncipe

Não é a primeira (e não será a última)  vez que eu cito o pequeno príncipe aqui no Blog. Esse livro é uma inspiração pra mim. Ele ensina da forma mais delicada do mundo como devemos respeitar as crianças e o quanto elas tem a nos ensinar. 

O assunto de hoje são elas, as borboletas! Elas são lindas, sinônimo de transformação, renovação e alegria. Vamos recortar, colar e conversar um pouco sobre esse inseto serelepe. Aí vão algumas curiosidades para ajudar a começar a conversa ;)

VOCÊ SABIA?

  • As mamães borboletas contam com uma habilidade especial nas patas que reconhece as folhas que vão servir de alimento para as larvinhas quando nascerem.
  • Quando saem do ovo, as lagartas podem comer durante o dia inteiro, sem parar!
  • Depois de comerem muito, elas produzem uma teia que formará o casulo. Algumas espécies de mariposas produzem o fio utilizado para a produção de seda.
  • Quando saem do casulo, as borboletas precisam esperar algumas horas até que as asas estejam secas e elas possam voar.
  • A expectativa média de vida das borboletas é de 2 semanas a 1 mês. Mas algumas espécies vivem até 9 meses.

Outra dica legal para falar sobre borboletas com os pequenos é o livro do Eric Carle, Uma lagarta muito comilona . Um clássico americano publicado em 1969 que faz sucesso até hoje em várias línguas. Minha filha ganhou de presente quando nasceu e adora o livro até hoje.

Agora é hora de brincar! Essas borboletas, pintadas com aquarela, podem enfeitar cupcakes, mesa de bolo ou o seu dia.